Notícias

Calamidade financeira: Conde identifica 300 contas bancárias deixadas por gestão anterior

        A Prefeitura Municipal de Conde identificou trezentas contas bancárias, em sua maioria sem constar nos balancetes encaminhados pela gestão anterior ao Tribunal de Contas da Paraíba (TCE), além de trinta e nove pendências que impedem o município de receber recursos por conta de inscrições no Serviço Auxiliar de Informações para Transferências Voluntárias (Cauc) e no Cadastro Informativo de Créditos não Quitados do Setor Público Federal (Cadin).

       De acordo com a prefeita Márcia Lucena, a falta de atenção, de respeito e cuidado com os procedimentos e os recursos públicos e a falta de transparência da antiga gestão, levaram à paralização de projetos e convênios, deixando prevalecer à irregularidade, prejudicando o andamento da atual gestão e principalmente prejudicando a população do município.

       "Esses fatos exemplificam a desorganização, a bagunça o desrespeito com o fazer público, o desrespeito com a população, fatos que prejudicam a nossa gestão que está ciente de sua obrigação de fazer" pontuou a gestora.

        Ainda de acordo com Márcia Lucena, a sua gestão prima pela valorização da transparência pública e repudia qualquer ato que prejudique a população de Conde.

      "Temos agora que correr para limpar o nome do município, que está, por esses motivos, sujo, a fim de conseguirmos implementar as mudanças necessárias" concluiu

Prefeitura Municipal de Conde