Prefeita Márcia Lucena discute políticas públicas para a população indígena durante encontro na Aldeia Vitória em Mata da Chica

Publicado em 30/04/2019 às 18:24

Prefeita Márcia Lucena discute políticas públicas para a população indígena durante encontro na Aldeia Vitória em Mata da Chica

              A Prefeita Márcia Lucena participou na manhã desta terça-feira (30), do "1º Grito Indígena Tabajara", na Aldeia Vitória, em Mata da Chica, zona rural de Conde. O evento foi realizado na Aldeia Vitória, em Mata da Chica e reuniu representantes de diversas entidades para discutirem as ações de políticas públicas e educacionais para a população indígena. Além da Prefeita, participaram da discussão a Secretária de Estado da Mulher e Diversidade Humana, Gilberta Soares, os Caciques Ednaldo, Carlinhos e Paulo, a Coordenadora Técnica Local da Funai no Conde, Vânia Lucena e o Coordenador Regional da Funai na Paraíba, Petrônio Machado.

            A prefeita Márcia Lucena destacou a importância do espaço de discussão com a participação de diversos segmentos, todos em busca de uma mesma ação, que são as políticas públicas voltadas para a população indígena. “Hoje é um momento importante para o povo Tabajara e não poderíamos deixar de reforçar o nosso apoio. Os Tabajaras tem uma história intensa aqui em nosso município, assim como a população quilombola e os assentados. Participar deste espaço que reforça a identidade desta população e contar com a presença de representes de várias entidades, como o Governo do Estado e a Funai, fortalece ainda mais este apoio”, destacou.

            O Cacique Carlinhos reforçou o apoio que a Prefeitura de Conde tem dado ao povo Tabajara. “Todo apoio é fundamental em nossa luta. Agradecemos o apoio que a Prefeita Márcia tem nos dado, sempre ao nosso lado na busca de ações e reconhecimento da nossa identidade como povos tradicionais. O Conde tem duas aldeias e não deixamos nossas tradições de lado, e assim continuaremos, fortalecendo o nosso povo”, afirmou.

            O Professor Lusival Antônio Barcellos, que faz parte da organização do evento, falou sobre os diálogos realizados nos dois dias do evento. “Todo espaço onde é realizado o diálogo merece ser divulgado. Os Tabajaras viveram em João Pessoa e praticamente todo o litoral sul paraibano, então este é o momento onde estamos dando voz a esta população, ouvindo suas reivindicações e necessidades em temas variados”, disse o professor.

            O “1º Grito Indígena Tabajara”, foi uma iniciativa da Comunidade Indígena da Etnia Tabajara na Paraíba em parceria com o Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões, do Centro de Educação (PPGCR-CE), da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Durante dois dias, foram realizados debates sobre as políticas de apoio a população indígena no estado, além de discussões sobre garantias de direitos constitucionais aos grupos nativos brasileiros. No evento, os visitantes puderam se aprofundar na cultura local, participar de do toré e conhecer o artesanato, arte e gastronomia do povo Tabajara.

Tempo
Conde - PB
Mín 23ºC
26º
Máx 30ºC
Pancadas de chuva

Mais Lidas